Cia de Moda utiliza sacolas sustentáveis

A Cia de Moda está sempre procurando agregar elementos sustentáveis à sua marca. Por isso, há anos, utilizamos sacolas de papelão reciclado em todas as lojas da rede.

Toda vez que as clientes da Cia de Moda  saem carregando as suas sacolas vermelhas com o logo da marca, elas estão contribuindo para diminur o uso das sacolas plásticas (as sacolas plásticas levam pelo menos 100 anos para se decompor na natureza).

Além de lindas e muito práticas, as nossas sacolas de papelão reciclável, transmitem a importância da responsabilidade ambiental.

Sacolas de papelão reciclado da Cia. de Moda

Hora Sustentável

O relógio Bedol não usa pilhas, nem baterias e sim água. Isso mesmo, para faze-lo funcionar, é preciso abastecer com água de torneira.

O aparelho possui um mecanismo composto por um conjunto de eletrodos que reagem e produzem energia a partir do contato com a água.

O relógio Bedol faz parte de um conjunto de aparelhos que unem design com ecologia. Uma idéia de tanto, com toda a certeza!!!!

Fonte: http://www.aesimportadora.com.br

A Cia de Moda marca mais um ponto em Sustentabilidade

Todo o papel sulfite que utilizamos na Cia de Moda é fabricado a partir de bagaço de cana-de-açucar. Isso ajudar muito a natureza.

Porque o papel de cana de açúcar?

Produzindo papel com mínimo impacto ambiental

A fabricação de papel, segundo alguns especialistas, contribui muito para desfigurar a paisagem. Empresas fabricantes de papel são classificadas como motivadoras de desmatamento, alteradora de paisagens com plantações de eucaliptos, poluidoras de rios e lagos e grandes emissoras de gases do efeito estufa.
No entanto, existe uma forma de reverter este quadro e produzir papel de forma menos impactante.
O papel de fibra de cana de açúcar é o futuro das empresas “verdes”, vejam:

O bagaço da cana é o resíduo da moagem para retirada da garapa e posteriormente o açúcar. Até pouco tempo o bagaço tinha dois destinos:

1° servir de combustível para as próprias usinas
2° servir de adubo em algumas culturas.
Mais recentemente estudos comprovaram que no bagaço da cana existem fibras de excelente qualidade para fabricação de papéis dos mais diversos com características de pureza, biodegradabilidade e reciclagem de 100%.
A abundante matéria prima proveniente das usinas de açúcar e álcool, permitem a produção de papel de forma sustentável e com enorme redução de dejetos sólidos agrícolas despejados na natureza.
Estudos comprovam que a produção de papel a partir de fibras de cana só trazem vantagens, uma delas e a menor quantidade de produtos químicos utilizados na transformação, possibilitando que o papel obtido seja utilizado até para contato direto com alimento devido a estas características e a pureza das fibras virgens.
Estas fibras, permitem a fabricação de uma gama enorme de papéis, do mais nobre ao mais simples papel para escrita. Os papéis podem ser produzidos para todos os fins, como por exemplo: Embalagens, escrita, impressão, desenho, cadernos entre outros.
Uma outra vantagem das fibras esta na forma de branqueamento. Podemos usar o dióxido de cloro (ou ECF) que é menos poluente e esta sendo utilizado por muitas indústrias papeleiras do mundo.

Ao contrário da madeira de reflorestamento que precisa de muitos anos para ser utilizada na fabricação de papel, o bagaço da cana de açúcar são abundantes praticamente o ano todo, permitindo menores gastos no manejo e retornos mais rápidos já que o ciclo médio da cana de açúcar é de 18 meses. Falando em ciclo, grande parte das regiões possuem em média uma safra de cana por ano, tornando assim o investimento na produção de papel a partir da cana bastante atrativo.

Para saber mais, acesse: http://gcepapeis.com.br

Fonte: http://gcepapeis.com.br

A Cia de Moda colabora com o meio-ambiente

A Cia de Moda sabe o quanto é importante se preocupar com as sacolas plásticas que são jogadas na natureza diariamente.

Para tanto, utilizada sacolas Oxi-Biodegradáveis na LiquidaCia.

A grande vantagem para o planeta é que as sacolas Oxi-Biodegradáveis  se degradam em um tempo infinitamente menor.

O que é o plástico oxi-biodegradável?

O plástico oxi-biodegradável (d2w) é uma espécie de plástico produzida com a intenção de acelerar a sua degradação no meio ambiente sem causar impactos ambientais. Demora cerca de 18 meses para se decompor totalmente.

Não confunda oxi-biodegradável, com biodegradável, pois esse último apenas se esfarela e seus impactos são quase tão grandes como os plásticos convencionais.

Entre as vantagens das embalagens Oxi-Biodegradáveis estão: a rapidez de sua decomposição, o fato de não deixarem nenhum resíduo nocivo no meio-ambiente e também o fato de serem recicláveis por processos comuns, tais como: mecânica, energética ou química.

É por isso que utilizamos e recomendamos o uso das sacolas plásticas oxi-biodegradáveis.

Um compromisso da Cia de Moda com o meio-ambiente

Pesquisa de conteúdo: http://www.funverde.org.br

Arquitetura sustentável é tema de exposição no MAM, em SP

Uso racional de recursos naturais norteia projetos expostos no Museu de Arte Moderna de SP

Soluções sustentáveis adotadas por arquitetos do Brasil e do mundo são tema das duas exposições que ocupam, até 26 de junho, as duas salas do Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP).
Os telhados verdes são considerados sustentáveis por resfriarem as construções, diminuindo as chamadas ilhas de calor
Os telhados verdes são considerados sustentáveis por resfriarem as construções, diminuindo as chamadas ilhas de calor
Foto: Divulgação

H&M é Fashion e Sustentável – A Cia de Moda apoia essa iniciativa

Sustentabilidade está na ordem do dia.

Mais que um modismo, a procura por produtos “verdes” vêm crescendo em todo o mundo.

Cada vez mais pessoas se engajam nessa causa, tão importante para as futuras gerações e o mundo fashion, sempre inovador, alerta para a necessidade de conservação da natureza.

Nós, da Cia de Moda, apoiamos todas as iniciativas que ajudem a preservar o meio ambiente.

Vejam só que bacana a 1a. coleção sustentável da H&M:

Fonte: http://verde.br.msn.com      Fotos: Divulgação

Uma das mais renomadas lojas de departamento do mundo, a H&M aposta em tecidos ambientalmente corretos em nova coleção.

A H&M, uma das maiores redes de lojas de departamento do mundo, lançará em 14de abril a Conscious Collection, uma linha de vestuário para mulheres, homens e crianças feita com materiais ambientalmente corretos, como o algodão orgânico, o TENCEL® e o poliéster reciclado.

Diferentes nuances de branco foram utilizadas nas peças minimalistas e com pequenos detalhes em renda, Broderie Anglaise, folhos e drapeados.

“A possibilidade de criar atualmente um coordenado de moda total em materiais ambientalmente adaptados é enorme. Ao criar frequentes Conscious Collections teremos a oportunidade de mostrar numa ampla variedade de maneiras o que é possível fazer com mais tecidos ambientalmente sustentáveis,” afirma Ann-Sofie Johansson, diretora de design da H&M.

Para as mulheres, a linha inspira-se em um estilo romântico atual, com destaque para blusas, túnicas e t-shirts em Broderie Anglaise.

Para confeccionar as roupas foram utilizados algodão e linho orgânicos, ou seja, cultivados sem uso de produtos químicos nocivos. Já o poliéster foi produzido a partir reciclagem de garrafas PET ou desperdícios têxteis, e TENCEL®, um material sedoso renovável, produzido com um impacto ambiental mínimo.

Vestidos compridos de folhos ou com inspiração grega, além de saias leves e esvoaçantes, calções curtos, blazer branco, calças com pregas e lingerie em Broderie Anglaise e renda também fazem parte da coleção.