Frango com leite de coco, limão, gengibre e capim-santo.

Este prato é ideal para aqueles que apreciam a culinária thai, mas não tem muito tempo para cozinhar. E para acompanhar, nada melhor que o clássico arroz de jasmim, o tipo de grão de arroz usado na Tailândia.

Ingredientes

1 kg de frango com osso, em pedaços e sem pele

1 colher (sopa) de suco de limão
2 colheres (sopa) de azeite
2 dentes de alho picados
400 ml de leite de coco
700 ml de caldo de galinha (se for usar cubo, dissolva apenas 1)
1 xícara (chá) de folhas capim-santo ou de erva-cidreira
raspas de 1 limão
1 colher (sopa) de cebolinha cortada

Modo de Preparo

1. Numa tigela, tempere o frango com uma pitada de sal, pimenta-do-reino e o suco de limão.

2. Leve uma panela média com o azeite ao fogo médio. Quando esquentar, junte o gengibre e refogue por 2 minutos. Em seguida, misture o alho e refogue por 2 minutos. Aumente o fogo, coloque os pedaços de frango e doure-os por cerca de 5 minutos.

3. Acrescente o leite de coco, o caldo e as folhas de capim-santo ou de erva-cidreira. Quando ferver, abaixe o fogo e tampe a panela. Deixe cozinhar por 25 minutos.

4. Retire os pedaços de frango da panela e transfira-os para um prato. Por uma peneira, passe o molho que ficou na panela. Volte o frango e o molho para a panela e leve ao fogo médio. Junte as raspas de limão e a cebolinha. Quando ferver, desligue. Sirva a seguir.

Fonte: http://www.panelinha.ig.com.br

Bolo de Arroz

Fácil de fazer, esta saudável receita dá uma cara nova ao arroz e aos legumes do dia-a-dia. Você pode usar este prato como acompanhamento de carnes, aves ou peixes.

Ingredientes

1 cenoura

1/2 pimentão vermelho
1/2 chuchu
1 abobrinha
1 talo de salsão
1 colher (sopa) de óleo de canola
1/2 cebola picada
2 xícaras (chá) de arroz branco
1 colher (sopa) de salsinha picada
1 colher (sopa) de manjericão picado
1 colher (sopa) de folhas de salsão picadas
500 ml de caldo de legumes (se for usar cubo, dissolva apenas 1)
1 colher (sopa) de azeite
1 1/2 colher (sopa) de maisena
2 colheres (sopa) de leite
2 ovos
1 colher (chá) de manteiga para untar
sal a gosto

Modo de Preparo

1. Lave bem os legumes sob água corrente. Num escorredor, lave o arroz até parar de soltar a água branca. Deixe escorrer.

2. Numa tábua, corte a cenoura, o pimentão vermelho, o chuchu, a abobrinha e o talo de salsão em cubinhos de 1 cm. Reserve.

3. Numa panela média, junte o óleo e a cebola picada e leve ao fogo médio. Refogue por 5 minutos. Acrescente o arroz lavado, a salsinha, o manjericão e as folhas de salsão. Misture bem por 3 minutos. Junte o caldo de legumes, abaixe o fogo e deixe cozinhar com a tampa entreaberta por 35 minutos ou até a água secar.

4. Preaqueça o forno a 180ºC (temperatura média). Unte uma fôrma refratária com um furo no meio com manteiga.

5. Numa frigideira, leve o azeite de oliva ao fogo médio. Quando esquentar, refogue a cenoura e o salsão por 5 minutos. Adicione o pimentão e o chuchu e refogue por mais 5 minutos. Por último, junte a abobrinha e refogue por 3 minutos. Desligue o fogo.

6. Numa tigela grande, dissolva a maisena no leite, misturando bem. Junte os ovos e bata ligeiramente. Tempere com sal. Misture o arroz cozido e os legumes refogados.

7. Transfira a massa de arroz para a fôrma untada. Com as costas de uma colher, aperte a mistura delicadamente para que fique espalhada por igual. Leve ao forno preaquecido para assar por 30 minutos. Desenforme e sirva com carnes, aves ou peixes.

Fonte: http://www.panelinha.ig.com.br

Creme de aspargos frescos

 

O creme de aspargos vai bem com croûtons ou com uma fatia de torrada ou até presunto cru.

Ingredientes

6 aspargos frescos

1/4 de cebola
1 dente de alho
1 colher (sopa) de manteiga
2 xícaras (chá) de água
1/2 xícara (chá) de creme de leite fresco
azeite a gosto
sal e pimenta-do-reino a gosto

 

Modo de Preparo

1. Com uma faca, corte as partes mais duras e brancas dos talos dos aspargos e despreze. Corte as pontas de dois aspargos e reserve para enfeitar a sopa. O restante dos talos fatie em rodelas médias.

2. Numa tábua, descasque e pique o alho e a cebola. Não deixe que os cubinhos de alho se misturem com os de cebola, pois eles serão refogados separadamente, para que o alho não queime e amargue.

3. Leve uma panelinha ao fogo para aquecer. Junte a manteiga e, quando derreter, coloque a cebola picada e refogue, mexendo com uma colher. Quando ficar transparente, adicione o alho picado e mexa bem por 1 minuto.

4. Acrescente as rodelas de aspargos e deixe cozinhar por 3 minutos, mexendo de vez em quando.

5. Junte a água, tempere com sal e pimenta-do-reino e deixe cozinhar por 8 minutos.

6. Na própria panela, ou no copo do mixer, com cuidado para não se queimar, bata a sopa (com o mixer), até que fique lisa. Se preferir, deixe esfriar um pouco, transfira para o liquidificador, coloque um pano de prato dobrado sobre a tampa, segure firme e bata até que fique lisa.

7. Junte o creme de leite fresco à sopa, misture bem e deixe cozinhar por mais 1 minuto. Verifique o sabor; se precisar, corrija com sal e pimenta-do-reino. Um fio de azeite também vai bem. Transfira para um prato de sopa ou tigela e decore com as pontas de aspargos reservadas.

 

Fonte: http://www.panelinha.ig.com.br

Os cabelos glamurosos dos anos 60

Quando o assunto é cabelo, é inevitável lembrarmos dos penteados estruturados e chiques dos anos 60, não é mesmo?

Cheios de charme, os penteados dos "sixties" acompanharam as mulheres na revolução sexual e na sua busca pela igualdade social.

Foi uma época romântica, marcada por protestos, queda de paradigmas e o início da ascensão feminina ao trabalho e a sua própria identidade.

A referência desse tipo de cabelo atualmente é a cantora Adele, que usa muitos penteados baseados nos cabelos da década de 60 e esbanja charme e elegância com seu visual "retrô", não acham?

Elegemos alguns ícones femininos dos anos 60 para mostrar os penteados vistosos e artísticos da época, que emolduravam o rosto e deixavam a mulher com aparência de "bonequinha de luxo".

Imagem inline 1

Imagem inline 5


Imagem inline 6


Brigitte Bardot – A francesa usava o cabelo volumoso com franja. Nessa época, muitas mulheres que não tinham estrutura para esse penteado usavam perucas. Os cabelos eram estruturados e comportados, com volume no alto. As franjas eram côncavas, longas nas laterais e mais curtas no meio, com um ar mais natural e chique ao mesmo tempo. Esse look apareceu bem no final dos anos 60 e esteve presente no começo do movimento hippie. Rabos de cavalo e coques altos e baixos também caracterizam os cabelos da década de 60.

Imagem inline 2

Imagem inline 3Imagem inline 4

Jackie Kennedy – Era o visual mais cobiçado pelas mulheres, não tem como ver fotos da década de 60 e não achar esse tipo de penteado nos mais diversos comprimentos com volume no alto da cabeça. Era usado durante o dia e à noite ganhava ainda mais volume com o uso de apliques e acessórios.

Imagem inline 7

Imagem inline 8

Imagem inline 9

Imagem inline 10

O Corte "tigelinha" (o nome original é Pageboy) surgiu nessa época e foi uma "febre". Podia ser usado por homens e mulheres.
Optaram por ele, bandas famosas como os Beatles e os Monkees.

Imagem inline 11

Imagem inline 12

Twiggy – A primeira Top Model inovou no visual andrógino e nos cabelos curtos com ar "maroto".

Imagem inline 1

Adele está sempre com o acabelo arrumado à moda dos "sixties": muito volume e visual elaborado.

Fonte: www.juliocrepaldi.com.br