25 maneiras de usar Lenços

Muito bacana esse vídeo, com diversas maneiras de usar lenços. Dá pra variar bastante e você sempre fica com um visual diferente e super moderno. As dicas valem também para os seus cachecóis e echarpes. Um luxo!!!!

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Como entender os símbolos de lavagem e conservação das suas roupas

Você está entre as pessoas que ficam na dúvida quando lêem as instruções de lavagem e conservação das roupas?

Essas instruções existem por uma determinação da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que exige que todo produto têxtil tenha, obrigatoriamente, uma etiqueta permanente informando os cuidados necessários para conservação do produto.

Os símbolos substituem o texto,  já que as etiquetas têm tamanho reduzido.

Eles podem parecem estranhos, mas são um forte aliado na manutenção da beleza das suas blusas, calças e vestidos.

Lavar, secar e passar sem danificar peças nem sempre é simples, principalmente quando se trata de um tecido delicado ou que requer cuidados especiais.

Desta forma, é muito importante saber qual é a instrução correta para a lavagem e preservação das suas roupas.

Veja aqui, tudo que você precisa saber para mante-las sempre lindas!!!!

Fonte: http://www.taeq.com.br/

Aprenda a fazer a Paella do Antonio Banderas

O ator espanhol Antonio Banderas esteve esta semana no Programa Mais Você, da TV Globo.

Muito simpático, foi entrevistado pela a apresentadora Ana Maria Braga, que o definiu como “apaixonante”.

Veja aqui como fazer o delicioso cozido de frutos do mar, que é especialidade do astro espanhol:

ingredientes

  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 3 tomates sem sementes picados
  • 100 g de pimentão vermelho picado
  • 100 g de pimentão verde picado
  • ½ kg de peito de frango em pedaços
  • 1/2 kg de filé mignon em cubos
  • 2 xícaras (chá) de arroz carnarolli ou arbório
  • 6 xícaras (chá) de caldo de camarão, frango ou carne
  • suco de 1 limão
  • sal a gosto
  • 4 dentes de alho picados
  • açafrão a gosto
  • salsinha picada a gosto
  • 1/2 kg de camarão médio limpo, temperados com sal e pimenta do reino
  • 10 lagostins, temperados com sal e pimenta do reino
  • 12 camarões grandes pré-cozidos
  • tiras de pimentão verde e vermelho

modo de preparo

Em uma paelleira (panela especial para paella), em fogo médio aqueça 2 colheres (sopa) de azeite e coloque 3 tomates sem sementes picados, 100 g de pimentão vermelho picado e 100 g de pimentão verde picado e doure.Junte ½ kg de peito de frango em pedaços, 1/2 kg de filé mignon em cubos ( se quiser coloque também carne de porco em cubos) e doure também.

Afaste as carnes douradas até as bordas da paelleira e no centro coloque 2 xícaras (chá) de arroz carnarolli ou arbório. Deixe dourando até pegar um pouco no fundo da paelleira (isso dá um gosto bem especial).

Depois de quase grudar no fundo da paelleira acrescente 6 xícaras (chá) de caldo de camarão, frango ou carne, suco de 1 limão e sal a gosto. Junte 4 dentes de alho picados amassados em um pilão com açafrão e salsinha picada e cozinhe por 10 minutos.

Passado este tempo coloque 1/2 kg de camarão médio limpo e 10 lagostins a gosto, cozinhe por 5 minutos.

Quando o arroz estiver cozido, mas ainda ‘al dente’, apague o fogo, coloque 12 camarões grandes pré-cozidos, tiras de pimentão verde e vermelho, tampe a paelleira com papel alumínio e deixe terminar o cozimento por 10 minutos. Retire o papel alumínio e sirva em seguida.

O melhor restaurante do mundo

Pelo segundo ano consecutivo o Noma levou o título de melhor do mundo entre os 50 publicados pela revista britânica Restaurant.

Dirigido pelo chefe René Redzepi, de apenas 32 anos que foi aluno do espanhol Ferran Adrià, do El Bulli – que fechou suas portas este ano após ficar por 4 anos com o título de número 1 do mundo.



Noma deu um belo pulo entre a classificação de 2006 e 2007 que, depois disso, só melhorou:

  • 2006: 33ª posição
  • 2007: 15ª posição
  • 2008: 10ª posição
  • 2009: 3ª posição
  • 2010: 1ª posição
  • 2011: 1ª posição

Noma fica na em Copenhagen, na Dinamarca, e sua comida é nórdica com um toque contemporâneo. A decoração é simples e o menu é fechado, com 7 a 8 pratos a partir de $ 80 euros por pessoa.


www.noma.dk.

Fonte: http://buumm.com.br/

Sobremesa de confeitaria, só que essa é feita em casa.

Torta de Limão

 

Massa:

1 xícara de farinha detrigo

2 colheres (sopa) de amido de milho

3 gemas

3 colheres (sopa) de manteiga, em temperatura ambiente.

1 colher (chá) de casca de limão em raspas

3 colheres de açúcar

Colocar em uma vasilha: a farinha, o amido de milho, as raspas de limão, o açúcar, as gemas e a manteiga.

Misturar tudo com as mãos.

Colocar a massa em uma forma de fundo falso (20 cm de diâmetro), espalhando com as mãos, até cobrir todo o fundo e as laterais da forma com a massa.

Furar a massa com uma garfo, várias vezes. Isso evita que a massa cresça quando for assada.

Cuidado para não formar buracos na massa, pois o recheio pode escorrer por eles.

Levar ao forno médio por 15 minutos para pré-assar.

Retirar e deixar esfriar para a colocação posterior do recheio.

Recheio:

1 lata de leite condensado

½ xícara de suco de limão

Bater tudo no liquidificador, até formar um creme homogêneo

Despejar o recheio na massa pré-assada (não retirar da forma), espalhar bem e levar ao forno por 10 minutos, para estabilizar.

Deixar esfriar.

Desenformar sobre uma superfície alta, pode ser uma lata, por exemplo.

Colocar o merengue.

Merengue:

2 claras

9 colheres (sopa) de açúcar

Levar ao fogo e misturar as claras e o açúcar, até formar uma calda grossa.

Bater essa calda de 6 a 8 minutos na batedeira, até formar um creme bem firme.

Cobrir o recheio colocado anteriormente com a camada de meregue, até espalhar por toda a torta.

Finalizar com um algumas raspas de casca de limão.

Fonte: http://g1.globo.com

Military Style no casaco de lã da Cia de Moda

A moda militar está forte nos guarda-roupas femininos do hemisfério norte e o military style (estilo militar) ganhou passarelas e as ruas.

Escolha uma das lojas Cia de Moda e aliste-se nesse Exército Fashion!!!!

A Cia de Moda marca mais um ponto em Sustentabilidade

Todo o papel sulfite que utilizamos na Cia de Moda é fabricado a partir de bagaço de cana-de-açucar. Isso ajudar muito a natureza.

Porque o papel de cana de açúcar?

Produzindo papel com mínimo impacto ambiental

A fabricação de papel, segundo alguns especialistas, contribui muito para desfigurar a paisagem. Empresas fabricantes de papel são classificadas como motivadoras de desmatamento, alteradora de paisagens com plantações de eucaliptos, poluidoras de rios e lagos e grandes emissoras de gases do efeito estufa.
No entanto, existe uma forma de reverter este quadro e produzir papel de forma menos impactante.
O papel de fibra de cana de açúcar é o futuro das empresas “verdes”, vejam:

O bagaço da cana é o resíduo da moagem para retirada da garapa e posteriormente o açúcar. Até pouco tempo o bagaço tinha dois destinos:

1° servir de combustível para as próprias usinas
2° servir de adubo em algumas culturas.
Mais recentemente estudos comprovaram que no bagaço da cana existem fibras de excelente qualidade para fabricação de papéis dos mais diversos com características de pureza, biodegradabilidade e reciclagem de 100%.
A abundante matéria prima proveniente das usinas de açúcar e álcool, permitem a produção de papel de forma sustentável e com enorme redução de dejetos sólidos agrícolas despejados na natureza.
Estudos comprovam que a produção de papel a partir de fibras de cana só trazem vantagens, uma delas e a menor quantidade de produtos químicos utilizados na transformação, possibilitando que o papel obtido seja utilizado até para contato direto com alimento devido a estas características e a pureza das fibras virgens.
Estas fibras, permitem a fabricação de uma gama enorme de papéis, do mais nobre ao mais simples papel para escrita. Os papéis podem ser produzidos para todos os fins, como por exemplo: Embalagens, escrita, impressão, desenho, cadernos entre outros.
Uma outra vantagem das fibras esta na forma de branqueamento. Podemos usar o dióxido de cloro (ou ECF) que é menos poluente e esta sendo utilizado por muitas indústrias papeleiras do mundo.

Ao contrário da madeira de reflorestamento que precisa de muitos anos para ser utilizada na fabricação de papel, o bagaço da cana de açúcar são abundantes praticamente o ano todo, permitindo menores gastos no manejo e retornos mais rápidos já que o ciclo médio da cana de açúcar é de 18 meses. Falando em ciclo, grande parte das regiões possuem em média uma safra de cana por ano, tornando assim o investimento na produção de papel a partir da cana bastante atrativo.

Para saber mais, acesse: http://gcepapeis.com.br

Fonte: http://gcepapeis.com.br

Que tal uma sopa?

Com o friozinho chegando, uma sopa antes da refeição principal ajuda a esquentar e prepara o paladar para saborear os pratos seguintes.

Hoje vamos compartilhar uma receita deliciosa!!!

Sopa de Abóbora com queijo Gruyère


Ingredientes:

  • 1 kg de abóbora
  • 30 g de manteiga
  • 1 cebola grande cortada bem fininha
  • 1 fatia de toucinho inteira (não pique)
  • 200 g de creme de leite fresco
  • 1 colher de sopa de suco de laranja
  • 1/2 colher de sopa de suco de limão
  • 1 pitada de noz-moscada ralada na hora
  • 1/4 de colher de chá de gengibre
  • 6 xícaras de caldo de galinha (3 cubos mais 600 ml água)
  • 200 g de queijo Gruyère
  • 1 colher de sopa de cebolinha picada

Preparo:

  1. Derreta a manteiga e doure a cebola
  2. Adicione a abóbora, a fatia de toucinho sem picar e o caldo de galinha
  3. Quando ferver abaixe o fogo e deixe cozinhar por 15 a 25 minutos
  4. Retire o toucinho e bata todo o conteúdo restante com o mixer (eu bato na própria panela)
  5. Adicione o creme de leite, os sucos de laranja e limão, a noz-moscada, o gengibre e metade do queijo
  6. Mantenha em fogo baixo até o queijo derreter
  7. Coloque a cebolinha, o restante do queijo e sirva

Serve 10 pessoas

Fonte: http://tudogostoso.uol.com.br