Padronização na indústria têxtil

O momento é de otimismo, pelas vantagens que a padronização poderá trazer.

foto: internet
fonte: http://encontrodamodasp.blogspot.com

No Brasil se poderá comprar roupas com mais facilidade, essa é a promessa da padronização dos tamanhos de vestuário da indústria têxtil. A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), criou normas de padronização e etiquetas que exibirão as medidas: altura e perímetro (linha que delimita determinada área) do tórax e da cintura.

A falta de um padrão para as roupas no País faz com que cada fabricante use uma medida diferente em suas peças, dificultando a compra de lojistas e do consumidor final. Embora a adoção das normas da ABNT seja opcional, o momento é de otimismo, já que a padronização poderá trazer vantagens competitivas para as confecções.
A aposta que à medida que o público consumidor exigir o novo padrão, as empresas se adequem, impulsionando a indústria brasileira.
Anúncios

Um comentário sobre “Padronização na indústria têxtil

  1. Acredito ser o caminho da civilização na moda. Parece exagero, mas para as gordinhas isto é o céu. É complicado ter no mesmo guardaroupa, 3 tamanhos diferentes, mas o pior é voce saber que usa nº48, chegar numa loja e não entrar no nº52. Outro questão é a rapidez que a padronização traz as compras: sei meu numero, gosto da peça, pago e nem preciso experimentar. É a gloria!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s